Rio+20: Brasil vai organizar o Dia Sanduíche. Saiba o que é.

Rio+20: Brasil vai organizar o Dia Sanduíche. Saiba o que é.

O Governo brasileiro está a preparar, com o apoio das Nações Unidas (ONU), um encontro entre os representantes dos Governos presentes no Rio+20 e a sociedade civil. O debate, denominado Dia Sanduíche, deverá realizar-se entre e reunião do comité preparatório da ONU e a conferência oficial.

Segundo o Planeta Sustentável, a intenção passa por debater propostas preliminares para a conferência, com base em oito temas: segurança alimentar e erradicação da pobreza; segurança energética; economia do desenvolvimento sustentável/produção e consumo sustentáveis; cidades; inovação tecnológica para a sustentabilidade; água; oceanos e trabalho decente e migrações. Estes temas ainda estão sujeitos a alterações.

Este evento vai preencher um “buraco” identificado pela organização brasileira do Rio2+20 e vai debater, de forma inovadora, as propostas preliminares para o Rio+20.

“Costumo dizer que será um evento do processo semi-oficial do Rio+20, porque reunirá personagens da esfera oficial, ou seja, representantes da ONU e governos, e da esfera não-oficial, que é representada pela sociedade civil. O encontro proporcionará a formação de uma zona cinzenta, que pode trazer debates muito positivos para a Conferência. Será a oportunidade de civis entrarem em questões que os governos não são capazes de entrar, ou não querem mencionar”, explicou Aron Belinky, coordenador de Processos Internacionais do Instituto Vitae Civilis, durante evento do Radar Rio+20, exclusivo para jornalistas e promovido para discutir os avanços da Conferência da ONU.

Apesar de praticamente confirmado, o Dia Sanduíche ainda está a ser definido pelo Governo brasileiro e equipa da ONU para o Rio+20, um processo que estará terminado até final deste mês.

Falta também definir o que a organização do Rio+20 entende por “sociedade civil”. É que há vários grupos que estão credenciados para acompanhar a conferência, mas outros, como ONGs, movimentos sociais e até empresas interessadas nas temáticas em discussão ficarão fora do evento. O debate será para todos ou para uma pequena parte da sociedade civil?

Veja o cronograma do Rio+20.

11 e 12 de Junho | Pré-evento
Chegada de governantes, diplomatas e da sociedade civil no Rio de Janeiro

13 a 15 de Junho | PrepCom3
Última reunião preparatória para a Rio+20, de onde sairá rascunho do documento final da Conferência

16 a 19 de Junho | Negociações e consultas informais
Dias fundamentais para o diálogo entre governos e sociedade civil, com diversos eventos paralelos

20 a 22 de Junho | Rio+20
Realização da Conferência e de eventos paralelos organizados pela sociedade civil

23 a 26 de Junho | Balanço e próximos passos
Avaliação dos resultados por parte dos governos e por parte da sociedade civil

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores