EcoBreeze vai reduzir o consumo de energia nos centros de dados

EcoBreeze vai reduzir o consumo de energia nos centros de dados

A Schneider Electric acabou de lançar o EcoBreeze, uma solução modular de arrefecimento que faz troca de ar através de um processo evaporativo indirecto e de mudança automática de ar-ar. Esta tecnologia possibilita o arrefecimento dos centros de dados de uma forma mais eficiente. O seu design permite ainda reduzir o consumo de energia, aproveitando as diferenças de temperatura entre o ar exterior e interior.

O EcoBreeze vem colmatar várias necessidades actuais dos centros de dados, permitindo reduzir o consumo de energia, melhorar a eficiência e promover a poupança. A unidade, localizada fora do perímetro do centro de dados, tira partido do clima local e alterna automaticamente entre duas formas de arrefecimento económico – a troca térmica ar-ar e a troca térmica indirecta evaporativa.

A troca térmica ar-ar puxa ar quente do interior do centro de dados, passando depois por canais internos do Indirect Evaporative Cooler (IEC). Após o ar TI estar arrefecido, abandona o IEC e passa por uma bobina de arrefecimento, regressando então ao centro de dados. A troca térmica indirecta evaporativa, por outro lado, retira o calor do ar TI, através de água evaporada localizada no exterior dos canais de troca de calor. Ambas as estratégias de arrefecimento económico maximizam as condições climáticas locais, garantindo uma melhor e mais eficiente forma de arrefecimento ao longo do ano.

Este aparelho é o primeiro a evitar que o ar exterior entre em contacto com o ar do centro de dados, independentemente do modo em que esteja (ar-ar ou evaporação indireta). Tem ainda um sistema de refrigeração proporcional R410a, bem como um sistema integrado de tratamento de água, o que descarta a necessidade de tratamentos químicos.

“O EcoBreeze não só fornece múltiplas formas de economizar no ar, como o seu design modular permite à unidade a adaptação a futuras necessidades de arrefecimento do centro de dados. Estas funcionalidades, aliadas ao facto de a unidade utilizar ar exterior e de escolher automaticamente o modo de arrefecimento mais eficiente, diferenciam o EcoBreeze das outras soluções de arrefecimento”, explicou em comunicado Pat Johnson, vice-presidente da unidade de Rack and Cooling Solutions da Schneider Electric.

O EcoBreeze está disponível em módulos individuais de 50 kW, que podem ser agrupados em até quatro (200 kW) ou oito módulos (400 kW) de arrefecimento sensorial.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores